Tempo de leitura: minutos

O contrato de locação é um documento importante que pode ajudar a solucionar muitas questões que surgirem durante a locação. Porém, antes mesmo de assinar um contrato de aluguel, o futuro inquilino deve ter atenção e verificar alguns itens importantes no imóvel.

Segundo a Lei de Locação (Lei n.º 8.245/91) é responsabilidade do inquilino zelar pelo imóvel. Por isso, antes mesmo de assinar um contrato de aluguel é importante verificar se o bem esta em perfeitas condições para morar e não conta com pequenos danos que podem se transformar em problemas no futuro. Para saber um pouco mais sobre os itens que devem ser checados antes de assinar  o contrato de locação, confira nosso post!

1. Estrutura elétrica

Problemas na fiação podem gerar muita dor de cabeça e gastos ao futuro inquilino. Por isso, esse é um dos primeiros itens a serem checados durante a vistoria do imóvel. Primeiramente verifique o funcionamento de todos os interruptores. Também é recomendado avaliar o estado de conservação do quadro de luz. Caso a fiação seja muito antiga, converse com o proprietário e veja sobre a possibilidade de trocá-la antes mesmo de entrar no imóvel. Lembre-se que fiação antiga representa maior consumo de energia e a troca pode trazer uma boa economia ao locatário.

Além disso, fiação antiga e mal conservada pode representar riscos graves como o de incêndio! Não deixe de prestar bastante atenção.

2. Estrutura hidráulica

Assim como a estrutura elétrica, a estrutura hidráulica também precisa ser checada durante a vistoria do imóvel. Verifique se não existem sinais de umidade ou mofo, pois eles podem ser um indicativo de vazamento. Avalie o funcionamento de todas as torneiras e privada e, caso identifique, algum problema converse imediatamente com o proprietário. Problemas na estrutura hidráulica, como vazamentos, também podem trazer gastos elevados ao futuro locador, por isso, é importante estar atento.

3. Pisos ou carpetes

Também é essencial avaliar o estado de conservação de pisos e carpetes. Caso identifique danos como manchas, rasgos, rachaduras, entre outros, procure fotografar e comunicar prontamente ao proprietário.

Se o piso for de madeira, certifique-se de que o proprietário realizou todos os tratamentos necessários contra cupins e demais pragas. Este mesmo cuidado deve ser tomado quando existirem janelas ou móveis de madeira no imóvel. Observe próximo aos pés dos móveis e às portas se não há pó de madeira granulado que normalmente aparece quando há uma infestação.

4. Regras do condomínio

Se o imóvel que você pretende alugar faz parte de um condomínio, que pode ser de casas ou apartamentos, é importante checar as regras da convenção do condomínio antes de assinar um contrato de aluguel. Lembre-se que podem existir algumas restrições quanto à animais, horários, uso das áreas comuns, uso da garagem e até políticas de segurança para recebimento de visitantes. Caso não concorde com algumas regras, é importante avaliar se esse imóvel é mesmo o certo para você.

5. Garantia do contrato

Segundo a Lei da Locação (Lei n.º 8245/91), existem diferentes tipos de garantias que podem ser exigidas no contrato, porém, na hora de formalizar o documento apenas uma garantia pode ser exigida. O tipo de garantia a ser escolhida é uma liberalidade do proprietário, por isso, antes de assinar o contrato verifique a intenção do proprietário e caso outro tipo de garantia seja mais interessante para você, procure negociar.

Já tratamos dos tipos de garantia aqui, por isso se você tem dúvidas sobre as modalidades e o funcionamento de cada uma delas, não deixe de dar uma lida!

Fazer a vistoria do imóvel juntamente com o proprietário pode evitar uma série de problemas no futuro. Durante a vistoria, sempre que identificar algum problema, notifique na hora e avalie uma forma de resolver a questão antes da assinatura do contrato e entrada no imóvel.

Fotografar todos os problemas e danos encontrados também é uma excelente forma de documentar e evitar que no futuro você seja responsabilizado ao deixar o imóvel.

Antes de assinar um contrato de aluguel, avalie se a descrição do imóvel está de acordo com a realidade e lembre-se que a partir do momento em que o inquilino entra no imóvel, o cuidado com o bem será de sua responsabilidade. Para evitar problemas no futuro, é importante que tudo esteja muito bem alinhado entre as partes.

Precisa de um contrato de locação e não sabe por onde começar? Use gratuitamente o nosso gerador de contratos ou deixe seus comentários abaixo ou fale com um de nossos especialistas!

contrato assinado

Escrito por: Alexandre Rodrigues

Fazer o seu contrato é fácil e rápido, comece agora!

Tem alguma dúvida?

Seu e-mail não será publicado ou compartilhado.