• Aluguel por temporada: 7 dicas para ganhar mais dinheiro com seu imóvel

    Por Alexandre Rodrigues

Tempo de leitura: minutos

A economia colaborativa vem se transformando em uma tendência mundial. Cada vez mais consumidores estão dispostos a pagar pela experiência, em vez de adquirir produtos ou serviços. Nessa nova onda, muita gente vem deixando de investir no conforto de um hotel ou pousada, por exemplo, para optar pelo aluguel temporário de imóveis e até de cômodos.

Para quem possui um imóvel disponível ou mesmo um cômodo para oferecer, a locação temporária pode ser uma excelente forma de ganhar mais com o seu aluguel, já que os preços de diária são bem superiores quando comparados ao aluguel de longo prazo.

Se por um lado a perspectiva de lucro é maior, por outro, o locador deve investir tempo e fazer um esforço extra anunciando o imóvel com maior frequência. Além disso, o anfitrião deve oferecer uma infraestrutura básica para que o hóspede tenha seu conforto garantido.

Se você pensa em investir na locação temporária para ganhar mais com o seu aluguel, confira algumas dicas que separamos para você!

1. Conte uma boa história

Existem inúmeros sites onde é possível disponibilizar seu imóvel ou cômodo para alugar de forma temporária. Anunciar, no entanto, não basta. É preciso caprichar no anúncio, incluindo todas as informações necessárias tanto sobre o imóvel quanto sobre a região onde se localiza. Ao elaborar seu anúncio, procure sempre pensar nas necessidades do hóspede. O que ele precisa saber? Isso vai ajudá-lo a fazer uma divulgação bastante completa e atrativa.

A melhor forma de ter um texto atraente é contar uma boa história. Seu apartamento está na praia? Além de descrever o imóvel, conte como foram as temporadas. Como sua família se divertiu. Tem um quarto vazio na sua casa que era usado pelos seus filhos? Fale sobre a síndrome do ninho vazio. Conte que depois que ele ou ela se formou, você sente falta de alguém para mimar e levar o café na cama.

A maioria dos anúncios são frios. Vendem um espaço físico somente. Aproveite para explorar a emoção das pessoas que procuram um lugar para ficar. Lembre-se que um espaço tem um preço máximo definido, mas uma emoção não tem preço. Você pode cobrar o quanto quiser se contar a história certa. E, o mais importante de tudo, a história deve ser verdadeira: assim o viajante vai se conectar de verdade com você e o seu imóvel.

Outra dica importante é investir nas peculiaridades do local onde está localizado seu imóvel. Se existe algum restaurante com um prato especial, alguma praça bacana ou um ponto turístico, não deixe de mencionar isso no seu anúncio. Essas pequenas peculiaridades é que tornam o local mais ou menos atrativo para muitos hóspedes.

2. Capriche nas fotos do local para locação

Se existe um gasto que se paga em semanas são as fotos. Não perca tempo fazendo fotos amadoras por conta ou pedindo para aquele seu sobrinho que acabou de ganhar uma máquina semi-profissional. Invista nisso sem pensar duas vezes e contrate um fotógrafo especializado em fazer fotos de interiores. O preço pode variar entre R$ 400 e R$1400 reais, dependendo do tamanho da sua casa e da cidade que ela está. Há hoje excelentes fotógrafos que fazem esse trabalho, inclusive especialistas em fotos para o Airbnb, como o Eduardo França Xavier, que atua na região sul do Brasil e no estado de São Paulo.

Boas fotos são um diferencial enorme e podem fazer a diferença entre um anúncio de sucesso e um imóvel que nunca é alugado. Se as pessoas normalmente usam as fotografias para escolher um imóvel, isso é ainda mais relevante no caso da locação por temporada, quando a distância muitas vezes impossibilita uma visita pessoal ao imóvel. Além disso, o primeiro impacto em um anúncio é uma foto bem feita. Qual dos 4 anúncios abaixo você escolheria por primeiro?

Se você é como a maioria das pessoas, provavelmente clicaria no segundo anúncio. Em resumo: fazer tudo certo e economizar nas fotos é dar tiro no pé.

3. Invista nas redes sociais

Embora os sites específicos sejam um excelente canal para anunciar o aluguel temporário, as redes sociais também devem ser exploradas. Utilizar as redes sociais para anunciar seu bem para a locação pode ser uma vantagem, pois existe uma maior probabilidade de você alugar para amigos ou conhecidos. Quando existe a confiança prévia, toda negociação fica mais fácil e a chance de existirem problemas é bem menor nesses casos. Além disso, em algumas redes, como o Facebook você pode anunciar em grupos próprios para aluguéis temporários ou em grupos para aluguel da sua região, o que facilita na hora de encontrar hóspedes.

4. Mantenha um contato sincero com seu hóspede

Se o seu objetivo é ganhar mais dinheiro alugando de forma temporária seu imóvel, seu hóspede deve ser mais do que um cliente. Hoje em dia as pessoas buscas interações honestas. Se você vai tratar seu hóspede como um cliente, você nada mais é que uma imobiliária. Aproveite o diferencial de ser um aluguel direto com o proprietário para ser você mesmo: trate seu hóspede como se fosse alguém conhecido que está te visitando, capriche nos detalhes. Você pode dar dicas de lugares especiais que não estão listados nos guias turísticos comuns, por exemplo. Sabe aquele pedaço de bolo de chocolate espetacular de uma panificadora que só quem mora na sua região conhece? Então, é com este tipo de dica e interação que você vai conquistar seu hóspede para sempre, conseguir boas recomendações e aumentar seu lucro no longo prazo. Ajude o seu hóspede a se sentir em casa. No fundo é o que ele mais quer. Se sentir acolhido não tem preço!

5. Ofereça infraestrutura

São nos detalhes que a locação temporária se torna mais atrativa para alguns hóspedes. Por isso, vale a pena investir em uma infraestrutura básica que ofereça conforto. Eletrodomésticos mais básicos como uma cafeteira ou um liquidificador, itens de cama, mesa e banho, ventiladores ou ar condicionado, wi-fi, entre outros podem fazer toda a diferença. E não se esqueça de separar uma parte do valor do aluguel para a renovação destes itens de tempos em tempos, assim como para fazer manutenção ou substituição de janelas, portas e tudo que se desgasta com o uso. Não esqueça também de incluir todos estes itens no termo de vistoria do imóvel!

6. Tenha um manual de regras

Para contribuir com a conservação do imóvel ou do cômodo que você pretende locar, faça um manual de regras e disponibilize aos hóspedes antes mesmo de fechar a locação. Isso pode evitar problemas durante a locação e gastos com eventuais danos. Não esqueça de incluir, por exemplo, regras especiais de condomínio, horário de silêncio, regras para uso de garagem ou acesso de visitantes. Além de evitar problemas, isso também ajuda a selecionar inquilinos com o perfil adequado para o seu imóvel.

7. Faça um bom contrato

Mesmo no caso da locação temporária é fundamental ter um bom modelo de contrato de aluguel. Afinal, não é porque o seu hóspede fica por pouco tempo no imóvel que problemas não podem acontecer.

Nos contratos de aluguel temporário é praticamente inviável exigir do hóspede alguma garantia como uma fiança ou mesmo um depósito caução, por isso, o contrato será o principal instrumento para assegurar o bem e o proprietário. Esse documento, portanto, é a maneira que o anfitrião possui de se proteger contra danos tais como furtos, estragos em pisos, paredes e móveis, entre outros.

Alguns sites como o Airbnb, por exemplo, contam com uma garantia ao anfitrião que assegura uma proteção contra danos ocorridos no período da locação. No entanto, como os critérios para o pagamento da garantia ficam a encargo da própria empresa que administra o site, sempre é bom que o proprietário tenha uma garantia a mais permitindo que, no caso de danos, ele acione tanto o hóspede quanto a empresa administradora do site.

Para exigir que os seus hóspedes assinem um contrato, é necessário que eles conheçam seus termos com antecedência, antes de realizarem a reserva. Se possível, já no anúncio, deixe claro que a entrada do hóspede só é garantida mediante a assinatura de um contrato e disponibilize o modelo de contrato de aluguel assim que o hóspede confirmar a estadia.

É comum que muitos hóspedes não se sintam à vontade com a presença de um contrato, por isso deixe claro que o objetivo principal do documento é esclarecer os termos do acordo e evitar problemas para ambas as partes.

Faça um modelo de contrato de aluguel simples, de fácil leitura e compreensão. Disponha de cláusulas básicas considerando o curto espaço de tempo que o imóvel será alugado.

Você quer um contrato para o seu aluguel temporário? Crie um CONTRAliving-room-2155353_1920TO DE LOCAÇÃO gratuitamente usando a nossa ferramenta de geração de contratos.

living-room-2155353_1920

Escrito por: Alexandre Rodrigues

Fazer o seu contrato é fácil e rápido, comece agora!

Tem alguma dúvida?

Seu e-mail não será publicado ou compartilhado.